Sobrenomes alemães

Parte 58
Parte 59
Parte 60 - O uso do predicado nobre "von" nos sobrenomes alemães

78 comentários:

Reni Einhardt disse...

muito bom o conteúdo, mas poderia sr em ordem alfabética, assim facilitaria a pesquisa

Unknown disse...

Parabéns pelo estudo e pela dedicação!!

Unknown disse...

Nao achei o da minha familia

Joaquim Dias disse...

Qual é o sobrenome?

Unknown disse...

teria o sobrenome buboltz ?

Joaquim Dias disse...

BUBLITZ, BUBLIZ, BUBOLZ, BUBOLTZ - sobrenome toponímico que faz referência ao antigo nome germânico da atual cidade de Bobolice (nome alemão Bublitz), que se localiza na Pomerânia Ocidental, atualmente parte da República da Polônia. Em outras palavras, um sobrenome que denomina alguém que nasceu ou viveu em Bobolice.

Grato pela visita ao blog!

Anônimo disse...

Boa tarde!

Parabéns pelo blog. Contém muitas informações interessantes!

Saberia informar sobre o sobrenome Frech?

Obrigado.

Joaquim Dias disse...

FRECH, FRECHE - do alto alemão medieval "vrech" que significa "ousado, corajoso, vívido, valente". Aqui vai um link com a distribuição do sobrenome na Alemanha atual:http://wiki-de.genealogy.net/Frech_(Familienname)

Grato pela visita ao blog!

Silvia disse...

Olá! Sabe algo sobre Rohwedder? Obrigada.

Joaquim Dias disse...

ROHWEDER, ROHWEDDER - aglutinação dos termos "rou" ou "row" do baixo alemão medieval que significa áspero, cru, amargo, e "weder" - também do baixo alemão medieval - que significa homem casado. Por isso: Rohwedder quer dizer marido de mau humor.

Grato pela visita ao blog!

Silvia disse...

Obrigada!

Diego Naitzel disse...

Ala sabe algo sobre o sobrenome Naitzel ou Neitzel?Obrigrado

Joaquim Dias disse...

NEITZEL - duas interpretações possíveis. Um patronímico do centro-leste da Alemanha para o nome Nikolaus, isto é, filho de Nikolaus. A outra hipótese é que esteja associado ao alto alemão medieval oriental "neiz" que significa nariz, por isso, pessoa com nariz proeminente, ou qualquer outra característica ligada ao nariz: mutilado, nariz empinado (vaidoso), etc.

Aqui estão os mapas de distribuição do sobrenome na Alemanha atual:http://wiki-de.genealogy.net/Neitzel_(Familienname)

Grato pela visita ao blog!

Unknown disse...

Tem o sobrenome irias? Sei que tenho descendencia alemã mas não sei se e no irias

Unknown disse...

Tem o sobrenome irias?

Joaquim Dias disse...

Eu pesquisei muito o termo IRIAS na internet em língua alemã, acessando alguns fóruns que faço parte e listas de sobrenomes em dialetos e regiões, bem em alguns pdf's que tenho baixado no PC. Sinceramente, não encontrei nenhuma fonte que corroborasse a possibilidade de IRIAS ser relacionado à Europa germânica.

Pesquisei em outras matrizes linguísticas e daí surgiram algumas possibilidades mais concretas, inclusive com menção exata ao termo IRIAS.
Irías é uma localidade no município de Miera, província da Cantábria, Espanha. Por isso, o sobrenome pode ser um toponímico e de origem portanto espanhola. https://es.wikipedia.org/wiki/Ir%C3%ADas

IRIAS também pode ser um plural do galaico medieval (idioma falado na Galícia - noroeste da Espanha) que significa "pedras", "local com pedras", ou ainda "assentamento estabelecido num lugar rochoso".

Iria também é um nome feminino português e espanhol que equivale ao nome mais comum Irene. Há vários nomes de lugares na Península Ibérica com o termo Iria. Descarto a possibilidade de ser um matronímico, pois este não era um costume comum na aplicação de alcunha/sobrenome entre os ibéricos.

Iria/Irias também pode ser um toponímico grego, com alguns locais na Península Balcânica com esta denominação.

Minha conclusão: acredito que este sobrenome seja ibérico, mais precisamente espanhol.

Espero ter ajudado. Grato pela visita ao blog!

Anônimo disse...

Olá, ótimo o seu blog. Eu gostaria de saber sobre meu sobrenome Hennicka

Joaquim Dias disse...

HENNICKA - é uma derivação de HENN. 562. Henn: sobrenome patronímico que é uma forma curta própria do dialeto alemânico que significa filho de Johann (João em português).

HENNICKA tende a ser uma forma encontrada no norte da Alemanha.

Grato pela visita ao blog!

Anônimo disse...

Qual o significado e origem do sobrenome stoelben?

Anônimo disse...

Qual o significado do sobrenome STOELBEN?

Joaquim Dias disse...

STOELBEN - é apenas uma aproximação, pois sendo muito honesto contigo, não consegui nenhuma referência bibliográfica direta a Stoelben ou Stölben. Stoel em holandês é cadeira, aparentado com a palavra de mesmo significado na língua alemã "stuhl". "Ben" é um sufixo que tende a significar "bom", "correto", "bem executado". Então, no sentido literal o sobrenome significaria "boa cadeira".

Eu me apoiei em alguns registros profissionais da Idade Média, e o jogo das palavras parece indicar algo como próximo "a alguém de boas cadeiras", no sentido de que faz, executa. Por esta razão: carpinteiro que faz boas cadeiras, bom carpinteiro, artesão exímio com madeira; são alguns significados que podem ser elencados.

A maior distribuição do sobrenome é justamente no noroeste da Alemanha, porção oriental da Holanda e zona francesa limítrofe com a Alemanha.

Quero que saibas que não dou a palavra definitiva sobre o significado do sobrenome. Vou pesquisar mais, mas não consegui nenhum outro indício em alguma fonte disponível. Trata-se de uma interpretação.

Grato pela visita ao blog!

demux disse...

Teria algo do sobrenome Wochner

Joaquim Dias disse...

WOCHNER - Parteiro, este é o significado. Mas a real aplicação do sobrenome está relacionado a uma função civil-religiosa que era de dar assistência material às mães em estado de puerpério. Cargo este que já existia no início da Idade Moderna, em cidades importantes como Nürnberg, Hamburg e München.

Fonte:KNEUPER, Elsbeth. Mütterwerden in Deutschland. Eine ethnologische Studie. FEE, Band 6, Hamburgo, 2004.

Grato pela visita ao blog!

susy cristina schmaltz disse...

Parabens pelo blog, comecei a pesquisar e achei muito interessante... ha algo sobre a familia schmaltz...

Joaquim Dias disse...

681. Schmalz: sobrenome poligenético que significa banha, gordura. Provém etimologicamente do alto alemão medieval smalz com o mesmo sentido. Designa principalmente o comerciante de banha de porco - produto considerado de primeira necessidade na Idade Média em regiões europeias mais distantes do Mediterrâneo. Em alguns casos mais restritos, Schmalz pode corresponder a comerciante de outros tipos de gordura animal, seja a proveniente de animais domésticos (ganso) ou de animais selvagens (texugo, marmota). Mas há consenso na primeira explicação, dado o próprio vocábulo significar literalmente banha de porco na língua alemã moderna.
Curiosamente, Schmalz (banha) é uma palavra usada coloquialmente na Alemanha para conotar sentimentalismo exagerado.
O sobrenome data do século XIII e ocorre principalmente na Saxônia, Turíngia e oeste de Baden-Wüttemberg.
Variantes:
Schmaltz - variante mais comum no norte da Alemanha.
Schmalzes - variante no genitivo da língua alemã.
Schmalze, Schmalzen, Schmaltze, Schmaltzen - variantes no plural da língua alemã.
Schmals - variante encontrada em imigrantes alemães nas Américas. É uma aliteração.
Schmaltzy - variante composta do leste da Alemanha.
Smalz, Smalze - variantes arcaicas.
Schmer - variante típica do baixo alemão com o mesmo sentido. Neste caso, incluem-se também: Schmerzen, Schmerb, Schmerze, Schmeer, Schmertze, Schmertzen, Smer, Smeer, Smers, Smeers. Schmerl, Schmerle. Vale ressaltar que todas essas formas ocorrem desde o extremo noroeste, se estendendo pela região renana de um lado e pelo norte-nordeste de outro.
Schmier - variante própria do dialeto alemânico. Atualmente é entendido no alemão moderno como graxa, coisa viscosa ou lubrificante, mas está historicamente relacionada à explicação do sobrenome. Schmier também é uma forma figurada para policial (a partir do século XIX).
Schmiere, Schmiere - variantes derivadas de Schmier.
Smerissen - variante da língua holandesa.

Grato pela visita ao blog!

Jairo disse...

Boa tarde.
Site muito interessante. Parabéns pelo trabalho.
Saberia algo a respeito do sobrenome REIFF ?
Obrigado. Um abraço.

Almir Paulo Effgen disse...

Olá, achei muito bom e interessante. Parabéns.
Sei que deve ter custado muitas horas de pesquisas, porém o resultado foi excelente.
Se puder me ajudar, procuro dados sobre o sobrenome "EFFGEN".
Ficarei muito grato.

Joaquim Dias disse...

583. Reif: sobrenome poligenético que significa literalmente geada. Porém pode corresponder a diversas acepções:
1 - Um nome de casa.
2 - O ofício de fabricante de cordas.
3 - O ofício de fabricante de aros para barris, consequentemente uma denominação figurativa para tanoeiro.
4 - O ofício de estalajadeiro ou taberneiro no norte da Alemanha.
5 - O ofício de fabricantes de rodas de madeira.
6 - Alguém com cabelos grisalhos.
7 - O ofício de operador de tear.
Os itens 3, 6 e 7 são considerados mais aceitáveis pela Genealogia.
O sobrenome é comum em toda a Alemanha. Data do século XIV.
Variantes:
Reiff - variante comum.
Reife - variante arcaica.
Reyfe, Reyffe, Reyff - variantes do noroeste da Alemanha.
Reifer, Reifering, Reifinger - variantes derivadas.

Grato pela visita ao blog!

Joaquim Dias disse...

EFFGEN - vou te enviar o link da família em português. Estou na busca em língua alemã e já tenho alguma pista bibliográfica, mas não posso ainda afirmar. Este é o site da família: http://effgen.com.br/

Aliás, tudo indica que seja uma aliteração fonética e dialetal do nome eslavo "Evgeny". Explicando o que estou encontrando: Evgeny (=Eugênio). Na Europa Oriental, vai aparecer "Evgeny", com o "v" ora com som do nosso "v", ora com som de "u". Pois bem, nos séculos XV e XVI, vai ocorrer nas regiões da Sorábia (Polônia-Alemanha), Silésia (Polônia-Alemanha), Boêmia (República Tcheca), algumas formas de Evgeny com as mais diferentes variações. No Ducado da Saxônia, de influência dos modos dialetais medievais alemães, o "v" passa a ter som de "f" (como é o no alemão moderno). Daí, encontramos alguns nomes próprios com as grafias Efgeny, Effgeny, Effgeni - todos equivalentes ao eslavo "Evgeny". Este é o caminho que estou achando em bibliografia e fóruns.

Amigo, não descarto que possa ter alguma origem toponímica também, isto é, que o sobrenome possa ter outra raiz etimológica. Por isso, estou sendo prudente. É só uma hipótese a princípio. Vou buscar algo mais.

Grato pela visita ao blog!

Anônimo disse...

Olá professor
Meu sobrenome é Puff

Joaquim Dias disse...

PUFF - encontrei as seguintes interpretações possíveis: Puff em alemão é uma gíria para lupanar, bordel, casa de prostituição, entretanto considero pouco provável que exista relação com o sobrenome.

Mais provável que se vincule ao vocábulo francês "pouf" e designe genericamente alguém que trabalhe com móveis estofados. Neste contexto, pode ainda estar associado a um tipo especial de alfaiataria que esteve em voga na Europa Ocidental durante os séculos XVI, XVII e XVIII.

Na Suíça, o termo é usado coloquialmente para indicar caos, desordem, pândega, denotando assim um aspecto comportamental. No Médio Tirol, Áustria, a palavra é empregada para denominar um tipo de fruta silvestre (não consegui de imediato identificar a espécie) de pericarpo globoso.

Por fim, o termo também se associa à atividade de lavanderia, designando um processo específico de lavagem de alguns tipos de tecidos.

Segue o link com a distribuição do sobrenome na Alemanha atual:http://wiki-de.genealogy.net/Puff_(Familienname)

Foi o que encontrei.

Grato pela visita ao blog!

Willian vidmann disse...

Teria algo sobre vidmann ?

Willian vidmann disse...

Qual significado e a origem do sobrenome vidmann?

Joaquim Dias disse...

VIDMANN - acredito firmemente que é um aportuguesamento do sobrenome alemão WIDMANN. Também acrescento as formas WIEDMANN e WIEDEMANN. Pois bem, quanto ao significado: mais provável que indique viticultor, aquele que cultiva vinhedos ou produz vinhos.

Entretanto, achei também no fórum Deutsch Bedeutung, algo que aponta que, no caso específico de WIDMANN, o sobrenome pode estar associado a uma palavra de Baden (estado alemão) para 'matagal do pasto', isto é, pequena formação arbustiva que está situada próxima a uma pradaria.

Segue o link da distribuição do sobrenome na Alemanha atual:http://wiki-de.genealogy.net/Widmann_(Familienname)

Grato pela visita ao blog!

Willian vidmann disse...

Muito obrigado professor

Anônimo disse...

Grande professor!
Saberia me informar origem do sobrenome Doege? Dőge nos antepassados, creio eu.

Anônimo disse...

Grande professor!
Saberia me informar origem do sobrenome Doege? Dőge nos antepassados, creio eu.

Joaquim Dias disse...

O que encontrei foi o seguinte:

1. Pode ser um toponímico relacionado à aldeia de Döge, no distrito de Kisvárda, condado de Szabolcs-Szatmár-Bereg, na região da Grande Planície do Norte, Hungria.

2. Um toponímico relacionado à aldeia de Döge ou Doege, no condado de Aurich, Frísia Oriental, Baixa Saxônia, Alemanha.

3. Uma denominação relacionada a um imigrante veneziano em terras germânicas, dado que, durante a Idade Média e a Idade Moderna, Veneza foi uma república governado por um "doge". Na verdade, admite-se que a alcunha também pode ter sido usada para denominar alguém de fala germânica num dos vários domínios de Veneza, que foram diferentes através do tempo.

4. A denominação de uma antiga raça de cães alemães, aparentado com o dogue dinamarquês moderno, que foi usado como cão de guarda nos domínios do norte da atual Alemanha. Neste sentido, pode tanto designar um criador de cães ou mesmo ter sido o vocábulo usado como metanímico no aspecto de denotar ferocidade, lealdade, força, etc., ou qualquer outra característica associada a esta raça de cães.

5. Uma derivação da palavra 'doge' do baixo-alemão, que significa 'adequação' ou 'usabilidade, utilidade'. Não obtive uma interpretação final sobre este termo, mas compreendi que ele pode ter sido usado para denominar um 'camponês assentado', isto é, indicando um colono migrante assentado.

Link da distribuição do sobrenome na Alemanha atual: http://wiki-de.genealogy.net/Doege_(Familienname)

Dados sobre antepassados com este sobrenome: http://gedbas.de/search/simple?lastname=Doege

Também este link: http://www.familienanzeigen.org/suchetotenzettel.php?nachname=Doege

Grato pela visita ao blog!

Anônimo disse...

De longe, o mais profundo conhecedor de sobrenomes alemães em terras brasileiras que conheci. Suas pesquisas são sempre muito bem embasadas e argumentadas, não restando espaço para que se duvide de sua seriedade, profissionalismo e profundo respeito pela pessoa que lhe procura.
E é, também, com profundo respeito e gratidão, Professor Joaquim Dias, que agradeço pelo tempo dispensado na pesquisa de meus sobrenomes maternos Schürhaus, Sperfeld, Bohnenkamp e Höping que te pedi ao final do ano passado (2018). Que Deus te cumule de bênçãos pelo bem que fazes aqui. Grande abraço! (Adriano, de Santo Amaro da Imperatriz, Santa Catarina)

Joaquim Dias disse...

Muito grato!

Anne disse...

Boa tarde professor ! Gostaria de saber a origem do meu Familienname que é "JESSE" . Fico muito grata. Annemarie Jesse

Joaquim Dias disse...

JESSE - pode ser um patronímico simples do nome alemão Jesse (Jessé em português; de origem bíblica, o pai do rei David).

Também pode ser um patronímico do nome masculino frísio e dinamarquês Jes, que é um hipocorístico do nome Jens que equivale a João em português.

Distribuição do sobrenome na Alemanha: http://wiki-de.genealogy.net/Jesse_(Familienname)

Joaquim Dias disse...

Grato pela visita ao blog!

Unknown disse...

Algo com Schlemper?

Joaquim Dias disse...

SCHLEMPER, SCHLIMPER, SCHLEMPERT, SCHLIMPERT, SCHLEMMER, SCHLAMP, SCHLEMPP, SIEMPER - encontrei as seguintes acepções:

1. Segundo Naumann, relacionado ao vocábulo do alto alemão medieval "slimp" que significa torto, oblíquo, errado. Muito provavelmente associado a uma característica fisionômica.

2. Segundo Gottschald, relacionado à mesma palavra, com o sentido de "errado". Pode indicar tanto uma característica corporal, quanto uma condição social.

3. Tanto Hans Bahlow quanto o Duden Familiennamen são convergentes em relação aos significados descritos anteriormente, todavia Bahlow o vincula também ao verbo "schlemmer" que significa festejar, divertir-se, denotando talvez uma característica idiossincrática. Já o Duden considera que o nome pode ser derivado na tentativa de: designar alguém muito magro; alguém torto ou baixo; alguém moralmente ruim.

4. No contexto profissional histórico, o nome designa o vinhoto (https://pt.wikipedia.org/wiki/Vinhoto). Este resíduo na Idade Média, era a massa pastosa que sobrava do processo de destilação de bebidas. Por isso, pode ainda indicar o ofício de destilador de bebidas, ou mesmo, de alguém que comercializava este material, visto ser um produto com outras aplicações.

Foi o que encontrei.

Grato pela visita ao blog!

Unknown disse...

Teria o significado e origem para o sobrenome SCHWAMBACH?

Joaquim Dias disse...

Antes de expôr o que encontrei sobre SCHWANBACH, vou te antecipar que também encontrei SCHWABACH com certa frequência. Mas vamos trabalhar com SCHWANBACH.

SCHWANBACH - esta forma é encontrada na língua alemã, sendo que considero SCHWAMBACH com "m" um aportuguesamento. SCHWANBACH é um pequeno riacho, afluente do rio Gruberbach, sendo este um afluente do rio Lech, este último pertencente à bacia do rio Danúbio. O riacho existe até hoje, mas a antiga aldeia que outrora levou esta denominação, foi extinta em 1878, e existiu no atual território da comunidade de Bernbeuren, no município de Weilheim-Schongau, na região administrativa da Alta Baviera, no estado alemão da Baviera.

Schwanbach quer dizer literalmente "riacho do cisne" em alemão.

Grato pela visita ao blog!

Unknown disse...

Eu queria saber de Behlau e Effgen

Joaquim Dias disse...

EFFGEN - é uma aliteração fonética do nome próprio eslavo Evgeny (Eugênio em português), por isso, é um patronímico que significa filho de Effgen, Evegen, Evgen, Evgeny, Effgeny (todas são formas dialetais do leste e sul da Alemanha e também de territórios do Leste Europeu de colonização alemã).

BEHLAU - considerando Behlau com "h" e não Belau, Behlau é um toponímico relacionado à aldeia de Behlau (também são registradas as grafias Behlow e Below), que teve seu estatuto autônomo até 1921, sendo posteriormente incorporada à cidade de Lieberose, no distrito de Dahme-Spreewald, no estado alemão de Brandemburgo. Portanto, é um sobrenome toponímico.

Grato pela visita ao blog!

Wunderlich disse...

Wunderlich é maravilhoso?

Joaquim Dias disse...

WUNDERLICH - sim, maravilhoso, porém no sentido de algo que chama a atenção, que atrai olhares por sua condição. Por isso, pode designar caprichoso (normalmente na Áustria e sul da Alemanha, impera este significado), lunático, louco, bizarro (por sua aparência), curioso, extravagante, diferente (no sentido de alguém que se diferencia do lugar que mora por alguma característica ou condição ímpar), etc. Quero te dizer que o termo pode ser usado tanto com conotação positiva (um guerreiro que se destaca, por exemplo), negativa ou neutra.

Estou à disposição.

Grato pela visita ao blog!

Mara Paula disse...

Teria a origem do sobrenome Pinz?

Joaquim Dias disse...

PINZ - aparentemente parece estar associado a uma palavra eslava para "fenda, passagem, trecho estreito" ou mesmo "junco". Pelo menos, foi o que encontrei na bibliografia especializada. Mas não tenho uma indicação absolutamente final. É que há muitos nomes de lugares semelhantes com este significado.

Portanto, significaria "morador de uma fenda" (montanhosa), ou de "uma passagem" (entre dois montes, num rio, etc.).

Grato pela visita ao blog!

Unknown disse...

Existe Algum Valtrique na Alemanha

Joaquim Dias disse...

Acredito que VALTRIQUE seja um aportuguesamento de WALTRICH ou WALTRICHE. Também neste mesmo grupo de sobrenomes pode ser acrescentado WALDRICH, WALDRICK, WALDRIK, WALDRIKS, WALTRIH, WALTRIK, BALDRIC, BALDRIK, BALDRICK. Pois bem, Waltrich é um nome alemão completamente em desuso, mas comum durante a Idade Média alemã e que significa "senhor rico". Por isso, o sobrenome é um patronímico.

Em particular, encontrei a origem da família WALTRICHE na Francônia, sendo que o próprio nome masculino Waltriche ou Waltrich é de origem francônia. Link da região histórica da Francônia: https://pt.wikipedia.org/wiki/Franc%C3%B4nia

Há três vertentes importantes da família Waltriche: uma na própria Francônia, uma segunda na região do extinto condado de Wormsgau (ao redor da cidade de Worms, Renânia-Palatinado), e a terceira na região da Borgonha, França.

Segue a fonte: STÖRMER, Wilhelm. Zeitschrift für bayerische Landesgeschichte. URI, 28, 1965. (é um artigo disponível no portal Francia ahlfeldt).

Grato pela visita ao blog!

Andréia Santos disse...

Olá, vc sabe a origem do " Hences ou Hensen?
Estou pesquisando um antepassado com o Tristão Hences juntos, do RS!!!
Obrigada!

Joaquim Dias disse...

HENCES eu considero a princípio que seja uma variante de HENSES. Aliás HENSEN é aparentado de HENSES.

HENSES e HENSEN são formas patronímicas que significam "filho de" e podem estar associadas aos nomes Hans (=João, em português) e Heinrich (= Henrique, em português).

As formas que citei aparecem mais predominantemente no sul da Vestfália, Württemberg e no região do Baixo Elba (em torno de Hamburgo).

Grato pela visita ao blog!

Anônimo disse...

Tristão Hences no Brasil - RS? Sabe a origem?

Joaquim Dias disse...

Desculpe, mas no momento não tenho nenhum dado sobre Tristão Hences.

Andréia Santos disse...

Obrigada por responder!
Abraço!

Unknown disse...

Saberia algo sobre Räder?

Joaquim Dias disse...

RÄDER/RAEDER em alemão é literalmente "rodas". É um sobrenome que designa o construtor de carroças, de faetons ou de qualquer veículo de rodas. É um sobrenome comum em língua alemã.

Segue o mapa de distribuição do sobrenome na Alemanha: http://wiki-de.genealogy.net/R%C3%A4der_(Familienname)

Grato pela visita ao blog!

Claudia Seiboth disse...

Ola...gostaria de saber o significado do sobrenome Dumke e Seiboth. Obrigado!!

Anônimo disse...

Muito bom o blog, excelente, teria alguma informação sobe sobrenomes Losekann e Pfuller ( com trema no u), mto obrigado se puder atender.

Joaquim Dias disse...

DUMKE, DOMKE - De acordo com Hans Bahlow, é uma forma encontrada na Silésia, Brandemburgo e Pomerâmia para THOMKE. THOMKE é a forma no baixo-alemão para o patronímico de Thomas. Então, DUMKE quer dizer "filho de Thomas".

Segue o mapa da distribuição da família na Alemanha atual: http://wiki-de.genealogy.net/Dumke_(Familienname)

Joaquim Dias disse...

SEIBOTH - É um patronímico do antigo nome alemão "Sigboto", formado pela aglutinação dos termos antigos "sig" (=vitória) e "bodo" (=mensageiro). Portanto, significa "filho de Siegbold".

Grato pela visita ao blog!

Joaquim Dias disse...

LOSEKANN - Tive certa dificuldade com este sobrenome, mas creio que encontrei algo substancial, inclusive segue o link de um fórum onde me esclareceu sobre a construção da palavra (caso seja necessário): http://forum.wolgadeutsche.net/viewtopic.php?t=3239

Mas, vamos ao que se segue: LOSEKANN, LÖSEKANN, LOSKANNE, LOSKANN, LOSKANT, LASSKANNE, LASEKANN, LASSEKANN, LASSEKANNE, LOSZEKANNE, LOSZEKANN - 'kanne' é jarro, objeto para conter líquidos, entendido de forma literal; e "löse" é perder, solver, esvair. Então, de acordo com o que pude constatar nas fontes, não é literalmente 'Jarro que solta água', mas remete a um tipo de embarcação fluvial com uma espécie de bico/saliência/tubo para esvair o excesso de água. Não encontrei uma imagem específica da tal embarcação, mas historicamente ela é citado na região central como o Hesse.

Foi a interpretação mais razoável que encontrei. Por isso, significaria o dono ou condutor deste tipo de embarcação.

Todavia, num artigo do PCR Namenforschung, a expressão pode ter sido metaforicamente usada para "pessoa de nariz grande e arrebitado", como um bule de café. Não descarto esta possibilidade também.

Joaquim Dias disse...

PFÜLLER - em alemão quer dizer literalmente "enchimento". Vem do alto alemão medieval "phülwe". Designa o fabricante de enchimentos, de travesseiros, de almofadas, um artesão que trabalha com estofaria.

Também pode designar alguém gordinho.

Grato pela visita ao blog!

Jéssica disse...

Teria o significado de SEIDL?

Anônimo disse...

Obrigado professor,

Os LOSEKANN, deve ser origem provável do sobrenome a primeira hipótese, pois este ramo dos LoseKann vieram da Vila de GonderHausenn, Grao Ducado de Hessen, Hoje Renãnia-Platinado ( Rheinland-Pflaz) Alemanha, e se estabeleceram na Antiga Colonia Santo Ângelo, mais precisamente hoje onde fica Dona Francisca hoje.
Os PFÜLLER se estabeleceram na mesma região.

Agadeço pela resposta , um abraço


Joaquim Dias disse...

63. Seidel: sobrenome poligenético que significa mais aproximadamente caneca de cerveja, caneca de beber. Etimologicamente provém do termo latino situlus cujo significado é pequeno vaso, vasilha. Seidel também é uma antiga medida cúbica para líquidos utilizada na Baviera (0,535 l) e na Áustria (0,354 l). Atualmente ainda é usada na Áustria e corresponde a 0,33 litro.
O seu uso como sobrenome indica uma gama muito ampla de ocupações, pois pode designar desde taberneiro, cervejeiro até um vidreiro especializado na fabricação deste tipo de recipiente.
O sobrenome é originário do sul da Alemanha.
Variantes:
Seidl - variante simples e bastante comum.
Seydel - variante comum no norte da Alemanha.
Seidler - variante derivada.
Sidel - homônimo da região litorânea do Mar do Norte que é uma espécie de fabricante de embarcações.
Seidlmann, Seidelmann - variantes que significam literalmente homem de Seidel.

Grato pela visita ao blog!

Adriano Sidekum disse...

E sobre o sobrenome SIDEKUM teria algo haver como Seidel - caneca ou seria algo do SID PODENDO SER süd sul e KUM algo como o verbo Komen vir . Ficando aquele que vem do sul... Mas e se for qual seria a data de uma próvavel origem desse sobrenome. Grato !

Joaquim Dias disse...

SIDEKUM, SYDEKUM, SÜDEKUM, SÜDEKUM, SUEDEKUM, SYDIKUM, SIEDKUM, SIEDEKUM, SYDICUM, SIEHDICHUM.

Antes segue a bibliografia que consultei:

HEINTZE, Albert. Die Deutschen Familiennamen, geschichtlich, geographisch, sparchlich. Halle, Verlag der Buchhandlung des Waisenhauses, 1903.

MÜLLER, Klaus & WAUER, Sophie. Brandenburgisches Namenbuch. Franz Steiner Verlag, 2005.

SIDEKUM é uma aliteração de SIEHDICHUM. Siehdichum é um topônimo (nome de lugar) que é uma aglutinação da expressão "Sieh dich um!" (=Olhe em volta!). Também pode ser uma aglutinação da mesma expressão só que em baixo alemão tardio "Su Diek ume", cujo significado é o mesmo.

A expressão era usada para indicar um local pantanoso, uma área alagadiça, em que podia-se perder um rebanho ou atrapalhar a atividade de um caçador, ou mesmo de qualquer transeunte.

Em relação à Alemanha atual, SIEHDICHUM nomeia:

1. Um município no distrito de Oder-Spree, no estado de Brandemburgo.

2. Uma localidade homônima do município anterior.

3. Uma divisão do município de Penzlin, distrito de Mecklenburgische-Seenplatte, no estado de Mecklenburgo-Pomerânia.

4. Uma rua na cidade de Trier, no estado da Renânia-Palatinado.

O mais antigo registro do sobrenome é de 1587.

Foi o que encontrei. Grato pela visita ao blog!

Anônimo disse...

Boa tarde... Professor, qual a origem e significado do sobrenome HEIN. Obrigado

Anônimo disse...

Boa tarde... Professor, qual a origem e significado do sobrenome HEIN... Obrigado

Professor Brinkmann disse...

Não localizei Brinkmann

Joaquim Dias disse...

16. Hendriks: sobrenome patronímico que significa filho de Hendrik (Henrique em português). Na Holanda, está concentrado em Mill en Sint Hubert, Brabante do Norte, e na Bélgica, em Overpelt, Limburgo. Variantes: Hendriksen, Henkes, Hindriks, Hendricx, Hendrix, Hendrikx, Hendricks, Hendrickx, Hendrik, Driek, Dries, Drikus, Hein, Hendrikus, Hendrickus, Henk, Hennik, Henny, Henrikus, Henrickus, Hens, Hindrik, Rick, Rieks, Riekus, Rijk, Rik.

Grato pela visita ao blog!

Joaquim Dias disse...

233. Brink (1a. vertente): sobrenome poligenético que significa fronteira, beira, litoral, limite, no sentido de uma localização situada na periferia de um território constituído - aldeia, burgo, castelo, feudo - que serve como marco natural. O Brink é entendido como um lugar ligeiramente elevado e a palavra nesta forma possui o sentido de colina no leste da Westfália. O sobrenome, portanto, serve para designar desde a Idade Média um habitante de um território limítrofe normalmente elevado, ou ainda um habitante de um território litorâneo, que no caso seria uma fronteira natural. O sobrenome é próprio do norte da Alemanha e Países Baixos.
Brink (2a. vertente): sobrenome poligenético aproximado da vertente anterior que significa colina com grama verde, forma figurada (grama verde) para designar habitantes de zonas não-tributárias de obrigações feudais, isto é, agricultores livres.
Variantes:
Brinkmann - variante muito comum com o sufixo mann.

Grato pela visita ao blog!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...