sexta-feira, 15 de julho de 2016

Significado e origem de sobrenomes alemães - Parte 54


822. Ahne: sobrenome poligenético que significa ancestral. Todavia seu real sentido deve ser investigado em sua zona de origem, a Boêmia Setentrional. O sobrenome Ahne tem parentesco com antiga palavra germânica antiga ahha que significa água. Por isso, o sobrenome quer dizer aquele que habita numa zona úmida, aquele que habita numa zona pantanosa. O mais antigo registro do sobrenome é de 1420 e a família que usou primeiramente esta alcunha habitava Güntersdorf, Boêmia (atualmente parte da República Tcheca). O sobrenome concentra-se na Boêmia, Baviera e Saxônia.
Ahne também é o nome de dois riachos na Alemanha, um em Hessen Kassel, outro em Weser.
Variantes:
Ahner, Ahnert - variantes relacionadas do centro e sul da Alemanha. Também podem estar associadas ao próximo sobrenome.

823. Ahn: sobrenome poligenético que significa ancestral, antepassado, velho. Provém etimologicamente do alto alemão antigo ano com o mesmo sentido. O sobrenome se refere a morador antigo de um povoado ou lugar. O sobrenome concentra-se sobretudo nas regiões de Aachen, Hannover, Ennepe-Ruhr e Hamburgo. Data do século XIV.
Variantes:
Von Ahn - variante de uma família nobre de Aachen do século XVIII.
Ahna - variante comum na Áustria.
Ahns, Ahne - variantes no genitivo da língua alemã.
Ahnen - variante no plural da língua alemã.
Aen - variante encontrada em Eynatten, Valônia, Bélgica.
Ahnl - variante regional que também significa avós.

824. Aakmann: sobrenome poligenético que significa agricultor, camponês, trabalhador rural. Ocorre principalmente no extremo-oeste da Baixa Saxônia e nos Países Baixos.
Variante:
Aakman, Aackmann, Aackman - variantes simples.

825. Aaltje: sobrenome matronímico que significa filho de Adelheid. Adelheid (Adelaide em português) é um primeiro nome feminino alemão que significa nobre natureza, nobre origem. O sobrenome é típico dos Países Baixos e ocorre na Baixa Saxônia e esparsamente no centro da Alemanha.

826. Assmann: sobrenome patronímico que significa filho de Erasmus. Erasmus (Erasmo em português) é um primeiro nome masculino alemão que provém do grego Erásmios que significa aproximadamente o que gera amor, amável, amoroso. O sobrenome concentra-se na região de Berlim, mas ocorre em toda a Alemanha. O sobrenome data do século XVI.
Variantes:
Aasmann - variante encontrada no noroeste da Alemanha e Países Baixos.
Erasmus - variante arcaica, encontrada atualmente no leste da Alemanha e Polônia.
Asmus - variante arcaica do leste europeu.
Asman - variante simples do leste e sudeste da Alemanha e região da Silésia.

827. Abegg: sobrenome com três acepções possíveis:
1 - Um patronímico regional para Albrecht.
2 - Um patronímico regional para Abel.
3 - Uma palavra antiga alemã para promontório. Em 1274, o mosteiro de Sankt-Blasien, na Floresta Negra, menciona o cavaleiro Hugo de Offterdingen dito Abbeg ou Abeck - morador de um promontório. Por isso, o sobrenome pode designar simplesmente morador de um promontório.
O sobrenome é mais comum na Suíça do que na Alemanha. Na Alemanha, sua concentração está na Renânia-Palatinado.
Variantes:
Abeck - variante diretamente associada encontrada na região de Ravensburg.
Abecker - variante derivada encontrada no Palatinado e na região de Zurique.

828. Abelkis: sobrenome poligenético com origem na Lituânia e Prússia Oriental que quer dizer maçã. Pode tanto designar um agricultor de macieiras, bem como figurativamente designar pessoa gorda. O sobrenome é encontrada na Renânia do Norte-Westfália.
Variantes:
Abelka, Wobelke - variantes da Prússia Oriental que significam mancenilheira (Hippomane mancinella).
Abale, Able, Wobale, Woble - variantes da Prússia Oriental que significam  maçã.
Abalne, Wobalne, Bobalne, Woble - variantes da Prússia Oriental que significam macieira (Malus domestica).
Abuoals - variante da Curlândia que significa maçã.

829. Abendroth: sobrenome poligenético que significa lugar do pôr do sol.Provém etimologicamente do alto alemão medieval abentrot que significa aproximadamente vermelho-noite, arrebol. Designa o habitante do ponto mais ocidental de um lugar. O sobrenome é mais comum na metade norte da Alemanha e apresenta concentrações significativas na Turíngia, Brandemburgo e Renânia do Norte-Westfália. O mais antigo registro é de 1250.
Variantes:
Abenrode - variante arcaica.
Abendrott - variante encontrada no norte da Alemanha.
Abendrot - variante encontrada na região de Berlim.
Aventroth - variante encontrada na região de Münster.

830. Aberfeld: sobrenome poligenético que significa aproximadamente no outro lado do campo, campo do outro lado, campo além. Designa o morador de uma periferia agrícola, morador de um campo longíquo. O sobrenome é datado do século XV e ocorre principalmente no sul da Renânia do Norte-Westfália.

831. Aberger: sobrenome poligenético com origem no sul da Alemanha que designa aquele que vive numa montanha. É uma variação regional para o sobrenome Berger. Ocorre principalmente no extremo sudeste da Baviera.

832. Abermann: sobrenome poligenético que significa homem que vive no outro lado, homem que vive na parte posterior de um lugar. Ocorre desde o século XV e é encontrado esparsamente em Brandemburgo, Saxônia-Anhalt e Baixa Saxônia.
Variante:
Aberman - variante simples.

833. Abesser: sobrenome poligenético que significa comerciante ou agricultor de frutas. Segundo Andreas Abesser o sobrenome deriva do alto alemão medieval obezaere com o mesmo sentido. Ocorre principalmente em Brandemburgo, com concentrações significativas na Turíngia e Saxônia-Anhalt.

834. Abicht: sobrenome patronímico que significa filho de Albrecht (Alberto em português). Abicht é a forma curta típica da Silésia e Prússia para o patronímico. O sobrenome está concentrado na Turíngia. Data do século XVI.
Variante:
Abitzsch - variante encontrada no sul da Saxônia-Anhalt.

835. Abrakat: sobrenome poligenético de origem lituano-prussiana que significa ração para animais, ração para cavalos, aveia-palha. Pode designar tanto o comerciante de rações (feno, aveia, ramagens forrageiras) quanto pessoa faminta. Na Alemanha aparece em Schleswig-Holstein, Baixa Saxônia e Hesse, sendo comum nos Países Bálticos.
Variante:
Abrakine - variante que significa saco de ração, saco de forrageiras.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...