sábado, 16 de abril de 2016

Significado e origem de sobrenomes alemães - Parte 50 - Sobrenomes originários da Prússia Oriental

Região de Memel, atualmente parte da República da Lituânia
A Prússia foi um importante império europeu durante a Idade Moderna, embrião do posterior Império Alemão, surgido no século XIX, e consequentemente da própria Alemanha moderna. Tanto que Berlim antes de ser capital da Alemanha, era originalmente a capital da Prússia. A Prússia originalmente surgiu no leste da Europa, em torno da região do mar Báltico. Por isso, apesar de ter sido uma nação de matriz germânica, seu território englobava vários povos eslavos e bálticos. Muitos sobrenomes encontrados na Alemanha e entre descendentes de imigrantes alemães nas Américas são na verdade originários da chamada Prússia Oriental, que hoje corresponde a territórios da Polônia, Lituânia, Estônia, Rússia e Bielorrússia. Vale lembrar que, durante os séculos XVIII e XIX, a migração interna foi muito recorrente e muitas populações originárias do leste europeu estabeleceram-se em várias regiões do norte e leste da atual Alemanha. Principalmente: Mecklemburgo-Pomerânia, Brandemburgo, região de Berlim, Saxônia-Anhalt e Saxônia, bem como no leste da Baviera.

Os sobrenomes listados apenas tem o significado primário e quando possível sua identificação linguística, sem investigação sobre o sentido real e origem semântica.

Abromeit (lituano) - patronímico de Abraham (Abraão).
Abromek (polonês) - patronímico de Abraham (Abraão).
Adamek (polonês) - patronímico de Adam (Adão).
Adameit, Adomeit, Adomat, Adomatis (lituano) - patronímico de Adam (Adão).
Albuschies (letão) - patronímico de Albrecht (Alberto).
Alschauski (curlandês) - amieiro (Alnus glutinosa).
Alksnis (letão) - amieiro (Alnus glutinosa).
Andoleit (lituano) - cego.
Andratschke (polonês, sorábio) - patronímico de Andreas (André).
Anduleit, Anduschies, Andus (lituano) - patronímico de Andreas (André).
Angladagies (lituano) - carvoeiro.
Annies, Annuscheit, Annuschies, Annusat (lituano, letão, prussiano oriental) - patronímico de Hans (João).
Ansatis, Anulatis (lituano) - cidadão, morador da cidade, em contraposição a morador do campo.
Ansun (lituano, letão) - patronímico de Hans (João).
Armonies (lituano) - patronímico de Hermann (Hermano ou Germano).
Arnaschus (lituano) - patronímico de Arnold (Arnaldo). 
Aschmies, Aschmoneit, Aschmons, Aschmann (báltico) - parte de trás de uma floresta, floresta.
Aschmutat, Aschpurvvies (báltico) - parte de trás ou parte mais baixa de um pântano, pântano.
Atts (curlandês) - olho.
Acs (letão) - olho.
Akis (lituano) - olho.
Atze (alemão oriental) - patronímico de Arthur (Artur).
Augstein, Augustat (prussiano) - topo, parte superior, lugar alto.
Auschrat (lituano) - amanhecer, alvorada.
Auschrat (prussiano) - orelha.
Ausratas (lituano) - apóstata, infiel, pagão.
Ausis (lituano) - orelha.
Awischus (lituano) - aveia.
Azuolis (lituano) - carvalho (gênero Quercus).
Babies, Bobies, Babion (báltico) - possivelmente um patronímico de Babbe (forma germanizada do deus pagão do gado no Báltico).
Babick, Babcke, Babuck (alemão oriental) - mulher velha, avó.
Baba, Babka (eslavo) - mulher velha, avó.
Baites, Baten (prussiano oriental) - gago, gagueira.
Baites (letão) - casa de madeira ou depósito de madeira.
Baitis (lituano) - esticador de couro, trabalhador em couraria.
Baydicke, Baytike (prussiano) - esticador de couro, trabalhador em couraria.
Bajor, Bajohrs, Bajorat, Bajohren (Memel) - nobre, pertencente à nobreza.
Bajorat, Bojar (russo) - nobre, pertencente à nobreza.
Bakschies, Baksyti (lituano) - pessoa que ralha, pessoa que reprime, pessoa que impõe sua vontade.
Balanski, Balandis (báltico) - pomba.
Balaszus, Balazyti (lituano) - guerreiro, lutador, combatente, brigador.
Baldszus, Baltas (báltico) - pálido, branco.
Balgalwies (báltico) - idoso.
Ballschuh, Balschuhn, Ballschuhn, Balschun (lituano) - patronímico de Baltasar (Baltazar).
Baltris, Balt (báltico) - branco.
Baltromejus (lituano) - patronímico de Bartholomäus (Bartolomeu).
Baltrusch, Baltruschat, Baltruweit (letão) - patronímico de Bartholomäus (Bartolomeu) ou patronímico de Baltasar (Baltazar).
Baltrussas (prussiano) - literalmente molde, forma, mas figurativamente designa alfaiate.
Balzereit, Balzer (lituano) - patronímico de Baltasar (Baltazar).
Balzunatis (lituano) - patronímico de origem desconhecida.
Bandsse, Banszerus, Banse, Banz (prussiano, lituano, alemão oriental) - associado, sócio, companheiro, aliado.
Bark, Bork (lituano, prussiano) - bétula (gênero Betula).
Barona, Bara (prussiano) - combatente, soldado.
Barschkies (lituano) - cascalho.
Bartsch (lituano, prussiano) - patronímico de Bartholomäus (Bartolomeu).
Barstat, Barsties, Barrsatas, Barschken (lituano) - aproximadamente alcatéia, grupo de pessoas que agem em conjunto, grupo de combatentes.
Bars (prussiano) - mesmo significado do item anterior.
Bartisch (eslavo) - patronímico de Bartholomäus (Bartolomeu).
Bartkus (lituano) - silencioso
Bartkus, Bartke, Bart, Bartika, Bartus (prussiano) - combatente, guerreiro, lutador.
Bartsch, Bartucke, Bartukis (prussiano) - proprietário de fazenda, proprietário agrícola.
Bastakies, Basas (lituano) - descalço, pobre.
Bastik, Bastet (curlandês) - mestiço, de raça misturada.
Bastyti (lituano) - vagabundo, andarilho, desocupado.
Bastschkus (lituano)  - tanoeiro.
Baues (báltico) - construção, algo que foi construído.
Beckerat (alemão oriental) - padeiro.
Bendigs, Bendiks, Bandico, Bandicus (prussiano) - pastor.
Benusches (lituano) - patronímico de Benedikt (Benedito ou Bento).
Bernoth, Pernaute (prussiano) - algo ou alguém que está acima dos demais em um grupo ou coletividade.
Berschentis, Berszentis, Berzs (báltico) - bétula (gênero Betula).
Berszat, Berzat, Berze, Berzinas, Berzata (prussiano) - bétula (gênero Betula).
Berteit, Bertuleit, Bertulies (alemão oriental) - patronímico de Berthold (Bertoldo).
Bertulies, Bert, Bertullas, Bertullatas, Bertullis (prussiano) - arremesso, alguém que arremessa, provavelmente lanceiro.
Beyme, Beimas (prussiano) - pobre, pessoa sem renda.
Binsas (lituano) - homem desajeitado, homem com barriga grande.
Birschkus, Birsziniken, Birze (letão) - vidoeiro-branco (Betula pendula).
Birskis (lituano) - baixo.
Blosze, Blose (alemão oriental) - esperto, astuto, trapaceiro.
Bloznas (lituano) - esperto, astuto, trapaceiro.
Böhnke, Bonike (prussiano) - pessoa de faces coradas.
Bömeleit (alemão oriental) - boêmio, proveniente da Boêmia.
Bredull, Bredis (curlandês) - alce.
Brosius (báltico) - patronímico de Ambrosius ou Ambrose (Ambrósio).
Broscheit, Ambrisius (lituano) - patronímico de Ambrosius ou Ambrose (Ambrósio).
Brumpreiksch (lituano) - segundo marido de uma mulher, homem que se casa com uma viúva.
Bruns, Brun (polonês, alemão oriental) - marrom, castanho.
Bruns, Brun (toda a região) - patronímico de Bruno.
Brusdeillins, Bruza, Bruszies (curlandês) - rugido, brado.
Bruzda (lituano) - cordas.
Bruze (lituano) - cervejaria.
Bruweleit, Brouwe (lituano) - cervejeiro.
Bubat, Buywot, Butut (prussiano) - gritador, bradador.
Bututas, Butatas (lituano) - gritador, bradador.
Buddrick, Buda (báltico) - construção, algo construído, construtor.
Buddrus, Budrus (lituano) - cauteloso, cuidadoso, alerta.
Budweth, Bud (curlandês) - construção, algo construído, construtor.
Bugstus (lituano) - tímido.
Bukschat, Buks (báltico) - macho, viril, animal que tem cornos.
Bukschat, Buxo, Buks, Bukus (prussiano) - faia (gênero Fagus).
Bumbullis, Bambule (letão, lituano) - besouro, botão.
Bundle, Buntin, Bunde, Buntike, Buntelis (prussiano, báltico) - rebelde, revoltoso.
Bussas, Bussath (prussiano) - carro, veículo com rodas.
Bousas, Bouzas, Bousennis (lituano) - aproximadamente poste, vara, objeto em riste.
Butkewitz (polonês) - tanoeiro.
Buttgereit, Buttchereit, Butcherey (alemão oriental) - tanoeiro.
Buttkus (lituano) - tanoeiro.
Cirolies, Cirulis (letão) - cotovia (gênero Alaudidae).
Damerau, Damerowe (prussiano) - bosque de madeira ruim, madeira ruim.
Dandreit, Dangel, Danehl, Dangeleit, Danull, Denull (lituano, báltico) - patronímico de Daniel.
Dangschat (curlandês) - área triangular de terra cercada por água (está relacionado a uma prática agrícola).
Dargies, Dargel, Darge (prussiano) - precioso, pessoa ou coisa preciosa, valiosa.
Dargelis (lituano) - precioso, pessoa ou coisa preciosa, valiosa.
Dargs (letão) - precioso, pessoa ou coisa preciosa, valiosa.
Dargana (lituano) - granizo.
Daschnies, Daznei (curlandês) - moderado, ponderado, médio.
Daugalies, Daug, Daugis, Daugas (báltico, prussiano) - excesso, muito, coisa em excesso, pessoa que tem algo em excesso, rico(?).
Daukant, Daukantas (lituano) - muito amado, muito estimado.
Dowkont (polonês) - muito amado, muito estimado.
Dawideit, Dawillen (lituano, báltico) - patronímico de David.
Dedeleit, Dedel, Dede (prussiano) - tio.
Deiweleit, Deiwiks (letão) - curtidor de couro.
Demke, Demeke (prussiano) - superintendente, supervisor, chefe, líder.
Detzkies, Dedzinat, Dedzeklis (curlandês) - carvoeiro.
Dexling, Dexneit (báltico) - carvoeiro.
Dietschmons (prussiano, alemão oriental) - homem alemão, isto é, procedente da parte ocidental do Império Prussiano.
Dimscheit (letão) - preguiçoso.
Dingler, Dingel, Dinge, Dingelis (prussiano) - agradável.
Dittkuhn, Didelis (lituano) - pessoa corpulenta, pessoa grande.
Dobries, Duobe (báltico) - buraco, fosso, abismo, vale profundo.
Dommasch (alemão oriental) - patronímico de Thomas (Tomás).
Domscheit (letão) - patronímico de Thomas (Tomás).
Domuschatis (lituano) - patronímico de Thomas (Tomás).
Donalies, Donalitius, Donelaitis (lituano) - patronímico de Donatus (Donato).
Donat, Duone (letão) - canas, juncos.
Duona (lituano) - pão.
Dowidat (lituano) - inteligente, sábio.
Dregennus, Dregnas (lituano) - lugar úmido, pântano, alagadiço.
Dregns (letão) - lugar úmido, pântano, alagadiço.
Dreyszas, Dreizti (letão) - resmungão, pessoa que reclama.
Dugnus, Duket (curlandês) - mergulho.
Dugnas (lituano) - parte inferior, parte baixa de uma coisa ou objeto.
Dukies (lituano) - infeliz, triste.
Dullis (lituano) - velho.
Dumat (lituano) - esperto, inteligente.
Dumat, Dumas (báltico) - patronímico de Thomas (Tomás).
Dumbries, Dumbrs (letão) - pântano.
Dumpies, Dumpis (letão) - ouriço.
Eglien, Egliene (letão) - bosque de abeto, abeto (gênero Abies).
Eglin (prussiano) - abeto (gênero Abies).
Elksnat, Elksneit (báltico) - amieiro (Alnus glutinosa).
Endrejat (báltico) - patronímico de Andreas (André).
Endrigkeit (alemão oriental, báltico) - patronímico de Heinrich (Henrique).
Endrikat (lituano) - patronímico de Heinrich (Henrique).
Enruleit, Endrulat, Endrullis, Endrusch, Endruschat, Endruscheit, Endruweit (lituano) - patronímico de Andreas (André).
Engelien, Englin (báltico arcaico) - anjo.
Ennulat (báltico) - patronímico de Enoch (Enoque).
Enseleit (alemão oriental, báltico) - patronímico de Hans (João).
Ensins (alemão oriental, curlandês) - patronímico de Heinz.
Ermoneit (lituano) - patronímico de Hermann (Hermano).
Escherski, Ezeris (lituano) - lago.
Esins (lituano) - patronímico de Esau (Esaú).
Ewert (báltico) - patronímico de Eberhard (Everaldo).
Eynars (letão) - patronímico de Einars.
Fehlau, Welau (prussiano) - cemitério.
Gaidies, Gaidis, Gaidas, Gaidelis (prussiano) - trigo.
Gaidies, Gaydis (lituano) - frango.
Gaigalat, Gaigalas (báltico) - pato.
Gailus (lituano) - irascível.
Gailus, Gayle, Gaylike, Gailis, Gailika, Gailings (prussiano) - branco, brilhante.
Galdiks, Gals, Gallinat (báltico) - final, término, limite (em referência a uma área ou região).
Gallinat, Gallinatas (prussiano) - assassino.
Gaura (letão) - mergulhador, pato mergulhador, ave mergulhadora.
Gauries (lituano) - digno, notável.
Gawehn, Gauwin, Gauwe, Gauwinas (prussiano) - vaca.
Gedat, Giedet (báltico) - vergonha.
Gediks, Gedmin, Gedwill, Gedike, Gaedtke, Gedminnen (prussiano) - gaguejar, gago.
Gehrke, Gerke, Gerko, Girke, Gerika (prussiano) - bom.
Gehrmann, Germanis (prussiano) - germano, procedente da Germânia (em referência à parte ocidental do Império Prussiano.
Gellschat, Gelzis, Gellschinus (lituano) - ferro.
Gelschus, Gellszinnus, Geldszus, Gellschat (Memel) - ferro.
Gennies (lituano) - pica-pau (Picus viridis).
Genuttis (lituano) - belo.
Gerullis, Girullis, Geras (prussiano) - bom.
Gemllis, Giruleitis (lituano) - morador de um bom lugar ou morador do melhor lugar.
Gerwins (báltico) - grou (gênero Grus).
Gindullis, Gindullen (báltico) - caminho alto, caminho nas montanhas.
Girnus, Girnius (lituano) - moleiro.
Gischas, Gizas (lituano) - azedo.
Glasze, Gloschat (letão) - vidro, vidreiro.
Golis (prussiano) - morte.
Goldape, Goldap (prussiano) - rio seco, leito seco de um rio.
Goots, Gods (letão) - honra, glória, justiça.
Götz (curlandês, Memel) - tribunal.
Grabies, Grabsten, Grabnus (lituano) - pessoa de dedos ágeis (em referência a um artesão).
Gabris (prussiano) - caprino, cabra.
Grauduschus, Grauds (letão) - grãos (cereais), centeio.
Grauduschus, Graude (curlandês, letão) - floresta úmida.
Graudennis (lituano) - aquele que habita uma floresta úmida.
Greitschus, Greitsau (lituano) - o mais rápido, veloz.
Griega, Grigat, Grigoleit (báltico) - patronímico de Gregor ou Gregorius (Gregório).
Grigat, Griga, Grigatas, Grikatas, Grigull, Grikullis (prussiano) - pecador.
Grigo (russo ocidental) - patronímico de Gregor ou Gregorius (Gregório).
Grizas, Gricius, Grycia (lituano) - aldeão.
Grutzpalk, Gruts (báltico) - sêmola.
Gud, Gudd, Gudda, Gudeit, Gudde (prussiano arcaico) - floresta, charneca.
Gudweth, Gudde (báltico) - artesão.
Gugat, Gugath (lituano) - corcunda.
Guhra (lituano) - homem pesado e grande.
Gulbis, Gulbins (báltico) - cisne.
Gumbold (báltico, prussiano) - patronímico de Humboldt.
Gwildies, Gwilda (boêmio) - legumes.
Gvildys (lituano) - legumes.
Hermeneit (alemão oriental) - patronímico de Hermann (Hermano).
Henseleit (lituano) - patronímico de Hans (João).
Idzelies (lituano) - ferro.
Dzels (curlandês, letão) - ferro.
Ignat (báltico) - patronímico de Ignatius (Inácio).
Ilgnauds, Ilgas (lituano) - longo.
Ilgs (letão) - longo.
Imbrichkies (estoniano) - cinzas.
Isakatis (lituano) - patronímico de Izaak (Isaac).
Jacobeit (lituano) - patronímico de Jakob (Jacó).
Jackst, Jakt, Jags, Jagschen, Jagstat, Jagt (curlandês, Memel, alemão oriental) - ruído, ruidoso.
Jaguttis, Jagutten, Jagutte (antigo prussiano, lituano) - patronímico de Jakob (Jacó).
Janis (letão, lituano) - matronímico de Johanna (Joana).
Jakait, Jakeit, Jokeit (báltico) - patronímico de Jakob (Jacó).
Jakschies, Jakschen, Jakubeit (curlandês, Memel) - patronímico de Jakob (Jacó).
Janeikis (alemão oriental) - patronímico de Johann (João).
Jankuhn, Jankus, Jankeiten, Janz (letão, Memel) - patronímico de Johann (João).
Jassat, Jessat (lituano) - honorável, honrado, rico.
Jautzus, Jautat (letão, curlandês) - explorador, aventureiro, investigador.
Jekstat, Jeks (letão) - patronímico de Jakob (Jacó).
Jessejus, Sejus (báltico) - semeador.
Jodeleit, Juodas, Jodelis, Jodellis (lituano) - preto.
Jodgalweit (lituano) - cabeça preta.
Jogmin (báltico) - mago, asceta.
Jokeit (letão) - patronímico de Jakob (Jacó).
Jokusch (eslavo) - patronímico de Jakob (Jacó).
Jonatha, Jonathal, Jonis, Joneitis, Joneleit, Jonellis, Jonigkeit, Jonuschat, Jonuscheit, Jonus (lituano) - patronímico de Johann (João).
Joseitis, Josupeit, Josuweit, Jusseit, Jusaitis, Juseitis, Jussait, Jussai (lituano, báltico) - patronímico de Joseph (José).
Jotzat (lituano) - preto.
Jucknat, Jukums, Jungschat, Juschums, Jusis (letão) - patronímico de Joachim (Joaquim).
Juraschka (báltico, lituano) - marinheiro.
Jurgeit, Jurgeleit, Jurgeneit, Jurgis, Jurkat, Jurgschat (lituano) - patronímico de Georg (Jorge).
Kaireit, Kairies, Kairinn, Kairej (Memel, lituano) - canhoto.
Kaireitis, Kayroth (prussiano) - estranho.
Kairies, Kairis, Kayr, Caris, Karis, Karijs (prussiano) - guerreiro.
Kaitinnis, Kaitinti (lituano) - irradiar calor, em referência a alguém que trabalha com calor.
Kakies, Kake (curlandês) - gato.
Kakies, Kakis (prussiano) - garra.
Kaklies, Kakalys (antigo lituano) - fogão de salão, fogo interno de uma casa.
Kalendruschat (lituano) - fabricante de calendários.
Kaliweit, Calewithe, Kalweitis (prussiano) - ferraria.
Kalkus, Kalke, Kahlke (alemão oriental) - ferreiro.
Kallweit, Kalwies, Kallwisch, Kalvi (báltico) - ferreiro (forja, forjador).
Kalwelis, Kale (prussiano) - ferreiro (forja, forjador).
Kalwellis, Kaiwies, Kalvis (lituano, báltico) - ferreiro menor, ferreiro de manutenção (em oposição ao ferreiro que forja peças pesadas).
Kämmereit, Kämmerer, Kämmer, Kammer (alemão oriental) - tecelão de lã, artesão que trabalha com fios de lã.
Kankeleit (lituano) - cítara, instrumento de cordas.
Kant, Kantweinen, Kantwein, Kantereit (Memel) - pessoa do povo, plebeu, paisano.
Kapust (báltico) - repolho.
Karallus, Koralus (lituano) - patronímico de Karl (Carlos).
Karklies, Karkelbeck, Karklinatis, Karkls (báltico, Memel) - salgueiro (gênero Salix).
Karschies, Kars (curlandês) - orgulhoso.
Karwellis, Karwe (lituano) - vaca.
Kaschkat, Kaschat, Kasch (letão) - patronímico de Karl (Carlos).
Kaspereit (alemão oriental) - patronímico de Kaspar (Gaspar).
Kassat, Kaza (letão, curlandês) - cabra.
Kaulis (báltico) - ossos.
Kaunat (curlandês) - açougueiro (abate).
Kausch, Kaus, Kausti (báltico, lituano) - copo, tigela, jarra, objeto em que se deposita líquidos.
Kawohl, Kaas, Kauols (curlandês, lituano) - rochoso, rocha.
Kemmesies, Kemeza (lituano) - pessoa frágil, aleijado.
Kerat, Kereit, Kereti (lituano) - mago, bruxo, feiticeiro.
Kerschat, Kerschies, Kerse, Kerso, Kerst, Kersting, Kerstinas (prussiano) - lenhador.
Kerschies, Kersas, Kersis (lituano) - descuidado, desastrado.
Kiauka, Kiauke, Kiauken (lituano) - gralha (família Corvidae).
Kiaups, Kiaupe (lituano) - pulador, ser que pula, sapo.
Kiaupis (letão) - sapo.
Killat, Killus, Kilus (lituano) - pico.
Killat, Kila (prussiano) - lavandisca, alvéola (gênero Motacilla).
Killus, Kille, Killis, Kilis, Kilus (prussiano) - navio de quilha.
Kindschus, Kints, Ginde (antigo prussiano) - criança, jovem.
Kioschus, Kiocis (lituano) - fabricante de cestas.
Kirbschus, Kirpti (lituano) - tosquiador.
Kirpat, Kirpeit (báltico) - mesquinho.
Kislat (lituano) - brilhante.
Kiulies, Kulis (letão) - saco.
Kiuldinti (lituano) - inclinado.
Kiupel, Kiup (antigo lituano) - guinada.
Klaschus, Klast (báltico) - esperto.
Klast (alemão oriental) - patronímico de Klaus ou Nikolaus (Nicolau).
Kletschkus, Klete (báltico) - armazém.
Klaudat, Klauda (báltico) - disputa, contenda, luta.
Klimkeit, Kliment, Klimke, Klymant, Klimantatis, Klimantait (alemão oriental, lituano) - patronímico de Clemens (Clemente).
Klischies (lituano) - pessoa de pernas tortas.
Kloweit, Klaws (lituano, báltico) - patronímico de Klaus ou Nikolaus (Nicolau).
Klumbies (lituano) - pessoa de andar torto.
Kohtz, Kiocs (curlandês) - cesta.
Kodis (lituano, alemão oriental) - merenda, lanche, refeição rápida no trabalho.
Koiteklies, Koja, Teklies (lituano) - pés (uma unidade de medida de comprimento na região).
Könies, Kien (curlandês) - madeira resinosa.
Kojellis, Kaje, Kojele (curlandês, lituano) - pés (uma unidade de medida de comprimento na região).
Kenis (lituano) - abeto (gênero Abies).
Korallus, Karallus, Korallischken (lituano) - patronímico de Karl (Carlos).
Koschbus, Kassube (lituano, báltico) - cassúbio, referente a uma antiga tribo estabelecida no delta do Vístula.
Kragenings, Kruoag, Krugings (curlandês) - estalajadeiro, taberneiro.
Kragas (lituano) - recipiente metálico de beber, copo, taça (de metal).
Krakat, Krakt (curlandês) - gritador, pessoa que fala alto.
Kraujuttis, Kraujas (báltico) - sangue.
Krauledat, Krauleidis, Kraujas (lituano) - sangue, figurativamente: mensageiro em uma guerra.
Krebstakies, Krebsdeti (lituano) - enxame.
Kreszies, Krezis (lituano) - fabricante de cestas.
Krisat, Krist (curlandês, letão) - queda.
Krischun (lituano, báltico) - preto.
Krukies (lituano) - muleta.
Krullis, Kroll (alemão oriental) - crespo, cabelo crespo.
Kruwinnus, Kruva (lituano) - vermelho sangue.
Kubillus (lituano) - tanoeiro.
Kuczius, Kuc, Kucios (lituano) - ceia.
Kuhlins, Kulis (letão) - pavimento, andar, elevação plana.
Kulynas (lituano) - arbusto.
Kukat, Kukot (letão) - cuco, onomatopeia para o canto do cuco (Cuculus canorus).
Kulin (báltico) - adjetivo para designar alguém de boa família.
Kuljurgis (curlandês) - literalmente "pedra de Jorge".
Kullis (curlandês) - rocha, pedra.
Kumschlies, Kumas (lituano) - padrinho.
Kumsa (lituano) - punho.
Kundrat, Kundrats (letão) - patronímico de Konrad (Conrado).
Kunellis, Kunas (lituano) - corpo, corpulento.
Kuprat (lituano) - corcunda.
Kupschus, Kupsot (báltico) - comerciante, mascate.
Kurbjuhn, Kurp (báltico) - sapateiro.
Kurmies, Kurmis (báltico) - mole.
Kurras, Kursch, Kurschat, Kurscheit, Kurschies, Kurschus, Kurschen (báltico) - crespo, cabelo crespo.
Kuttrus (lituano) - móvel, ágil.
Kybranz, Kybirs (báltico) - balde, tigela, cuba.
Labeit, Labs (curlandês, letão) - bom.
Labrenz, Labrenzischken (báltico, lituano) - patronímico de Lorenz (Lourenço).
Labuttis (lituano) - bom, "bonzinho" (diminutivo).
Lacitis, Lacis (báltico, letão) - urso.
Lagies, Lags (letão) - adequado, justo, correto.
Lampsat, Lamsat, Lama (letão) - ponto mais baixo, poça, depressão.
Lankuttis, Lankutten, Lanka (Memel, curlandês) - planície de um vale.
Lapat, Lapes (báltico) - folha, folhas.
Lapins, Lapps, Lappenischken (báltico, curlandês) - lapão (povo do extremo norte da Europa).
Lapins, Lapenas (lituano) - cão caçador de raposas, cão caçador.
Lapöhn (alemão oriental) - lapão (povo do extremo norte da Europa).
Lapynas (lituano) - floresta decídua.
Lapschies, Lapischies, Lapischis, Labs (curlandês, letão) - bom.
Lapsa (letão) - raposa.
Laudien, Lutyn, Lutint (prussiano) - despojos, butim.
Laugall, Laugallis, Laugalies, Laugallen, Lauk, Lauke (báltico) - campo.
Laugschims, Laukas, Laukat, Laukenings, Lauks (báltico) - campo, terra.
Laukasiele (báltico, curlandês) - caminho, pequena faixa de terra.
Laurat, Laur, Lohr, Laurentow, Laurien, Laurinat, Laurus, Lauruschat, Laurin (prussiano, alemão oriental, lituano) - patronímico de Lorenz (Lourenço).
Lauschus, Lauz (curlandês) - povo, nação.
Lauzenings (báltico, curlandês) - agricultor.
Lawischus, Lawe (prussiano) - carregador.
Lenart (letão) - patronímico de Leonhard (Leonardo).
Lekschas, Lekt (curlandês, letão) - salto, saltador.
Lengwenat (curlandês) - baía ou cânion.
Lenkeit (curlandês) - morador de um lugar profundo.
Lenkeit, Lenke (prussiano) - baía.
Lenka (lituano) - pólo.
Lepa, Lepies (lituano) - desgovernado, pesado.
Leweries, Lieweries (lituano) - retardado, pequeno, miúdo.
Liedtke, Litthe (prussiano) - lituano, procedente da Lituânia.
Littike, Littika (lituano) - lituano, procedente da Lituânia.
Ligeika, Ligeyke (antigo prussiano) - dedo grande, polegar grande.
Lilischkies, Liel (letão) - dedo grande, polegar grande.
Lingies, Lingel (Memel, lituano) - procrastinador.
Lipschus (lituano) - afável, amável.
Löbart (prussiano, alemão oriental) - patronímico de Leopold (Leopoldo).
Lokies (lituano) - vidente.
Lokies, Lokys (báltico) - urso.
Lönhard (prussiano) - patronímico de Leonhard (Leonardo).
Lorenscheit (lituano) - patronímico de Lorenz (Lourenço).
Losereit, Laser (alemão oriental) - cominho ross (Trilobum laser).
Ludszuweit, Luttkus (báltico) - patronímico de Ludwig (Luís).
Lukat, Lukait, Lukeit, Luksts (letão) - prado molhado, campo úmido.
Luschnat (lituano) - dorminhoco, homem sonolento.
Makschin, Maksat (letão, curlandês) - pagamento (referente ao ofício de cobrador ou comerciante).
Malkeit, Malkus, Mallc (letão, curlandês) - madeira.
Malschus, Mala (curlandês, letão) - morador da costa, habitante do litoral.
Malwitz, Mala (letão) - banco de argila.
Mankus, Mahnke, Mankstus (alemão oriental, lituano) - flexível, dobrável, articulado.
Mantwill, Mantvylas, Mantwed, Mantvydas, Mant, Montil, Mantwitz (lituano, alemão oriental, polonês) -  proprietário de terra (depende do contexto). Indica posse de algo (mormente se usa para proprietário rural).
Margie, Margis (letão) - pinto.
Maskolus, Mackals (curlandês) - russo, procedente da Rússia.
Masuhr, Masur, Masurat (lituano, báltico) - masúrio, procedente da Masúria (atualmente região no norte da Polônia).
Maszeik, Mazas (lituano) - pequeno.
Mateoschus (báltico) - patronímico de Mätthaus (Matheus).
Mateikat (báltico) - patronímico de Matthias (Matias).
Matern, Matara (finlandês) - perene, permanente.
Matschull, Matz, Matzkeit (alemão oriental, báltico) - patronímico de Matthias (Matias).
Matulat, Matull (lituano) - tio.
Matull, Matutis, Matzat, Matzeit, Matzies (báltico) - patronímico de Matthias (Matias) ou patronímico de Mätthaus (Matheus).
Matull, Mattis, Matullas (prussiano) - medida, medidor, coisa ou alguém que mede.
Mattullatas (prussiano) - medida de peso, balança, coisa ou alguém que mede peso.
Matzpreiksch, Preiksch (lituano) - segundo marido.
Mauscherning, Maszerinn, Mausti (lituano) - grande.
Maxwitat (curlandês) - jovem branco, jovem albino, albino.
Megallies (livônio) - final da montanha, sopé da montanha.
Megi (livônio) - montanha.
Megies, Miegas (lituano) - cama.
Meikies, Mekis (letão) - cabra.
Mecke (baixo alemão oriental) - cabra, balido.
Meinekat, Meinecke (prussiano, alemão oriental) - cabra, balido.
Meiszies, Miezys (lituano) - cevada.
Mertineit, Mertins (báltico) - patronímico de Martin (Martinho).
Meschkeit, Mesks, Meskat, Mesko, Meschkat (curlandês, cassúbio) - urso.
Mestars (lituano, báltico) - mestre, mestre artesão.
Mikeit, Mikloweit, Mikoleit, Mikoscheit (alemão oriental, báltico) - patronímico de Michael (Miguel).
Mycol, Mykla (prussiano) - confusão, problema.
Mikelis, Mikelatas, Mikullas, Mikuleitis (prussiano, báltico) - mistério, misterioso.
Milkereit, Mielke, Melkerts, Melkert (alemão oriental, báltico) - patronímico de Melchior (Melquior ou Belquior).
Mielke (prussiano, alemão oriental) - patronímico de Miloslaw (Miloslau).
Millat, Millenat (lituano, prussiano) - amor.
Mineikis, Minieks (curlandês) - referente ao rio Minge ou Minija, no oeste da Lituânia.
Misullis (lituano) - bosque, pequena floresta.
Miskas (lituano) - floresta.
Mitzkat, Mitzkeit, Mitzkus, Micet (curlandês) - amassar, amassador, alguém que amassa, mói.
Mize (curlandês) - sermão.
Mokulies, Mokytis (lituano) -aprender, aprendiz.
Molinnus, Molinas (lituano) - terreno argiloso.
Monien, Muna (livônio) - ovo.
Motekat, Modis, Mote (antigo prussiano) - mulher, esposa.
Motzkus (báltico) - patronímico de Matthias (Matias).
Murenings, Muret (báltico) - pedreiro, construtor.
Murkeninks, Murkenieks (curlandês) - produtor de legumes.
Muskat, Mucko (alemão oriental, báltico, prussiano) - noz-moscada.
Narkus, Noriko, Narco (antigo prussiano) - antigo nome próprio prussiano.
Narwill, Narwel (baixo alemão oriental) - umbigo de animais.
Naujok, Naujoks, Naujas (lituano) - novo.
Neleamischkies, Nelemischkies (báltico) - infeliz.
Nickeleit (báltico) - patronímico de Nikolaus (Nicolau).
Niekant (báltico, lituano) - impopular.
Niemerski, Niemiers (prussiano, báltico) - glutão (ave) (Mycteria ibis).
Ojus (lituano) - forte.
Oksas (lituano) - boi, gado.
Oselies (letão) - carvalho (gênero Quercus).
Paddags (báltico) - zimbro.
Patags (alemão oriental) - chicote.
Padagys (lituano) - zimbro.
Pakalies, Pakaulies, Pakal (curlandês) - atrás, parte de trás de um lugar.
Pakulies (letão) - atrás, parte de trás de um lugar.
Pakalnischkies, Pakalne (letão) - colina.
Palkies, Pahlke (alemão oriental, báltico) - morador da colina.
Pallaks, Palloks (letão) - gatuno, ladino, malandro.
Pallapies, Palapnoti (lituano) - trituração, triturador.
Pallawiks, Palavykas (lituano) - ocioso ou mocassim (figurado).
Paltins, Faltin, Paltas (lituano, alemão oriental) - bainha.
Pareigis (letão) - oficial, burocrata, membro da administração pública.
Paskarbeit (lituano) - casa à beira de um precipício.
Passlack, Pazzlaks (prussiano) - servo, escravo.
Paszehr (lituano, curlandês) - alimento do gado, forragem.
Patra (lituano) - báltico.
Patra (alemão oriental) - patronímico de Peter (Pedro).
Paulat, Pauleit, Pauliks, Paulokat (lituano, báltico) - patronímico de Paul (Paulo).
Pavel (eslavo) - patronímico de Paul (Paulo).
Pauluhn (Memel, prussiano) - patronímico de Paul (Paulo).
Paupers, Paupeln (báltico) - patronímico de Paul (Paulo).
Paura, Pauer (lituano, báltico) - camponês, agricultor, trabalhador rural.
Peleikis, Pelleikis, Pelleiken, Pleiks, Pelek (curlandês) - cinza (cor).
Pempe, Pempen (báltico) - abibe-comum (Vanellus vanellus).
Penellis, Piena (lituano) - leite.
Perkams, Pirkti (lituano) - compra (em referência ao ofício de comerciante).
Peterat, Petereit, Petra (lituano, báltico) - patronímico de Peter (Pedro).
Pettkat, Pitka (livônio) - longo, comprido.
Perkuhn, Perkunnas, Perkunis (lituano, prussiano) - em alusão ao deus Perkunnas, deus báltico do trovão.
Pierach, Pierags, Piragas (lituano) - bolo.
Pietsch, Piet, Pieter (alemão oriental, eslavo) - patronímico de Peter (Pedro).
Piklaps, Pik (báltico) - pessoa de boa sorte.
Pillosas (lituano) - lebre.
Pinkies, Pinke, Pinka (letão, alemão oriental, lituano) - falador.
Pipirs, Pippirs, Pippiren, Pipiras (lituano) - pimenta ou pessoa temperamental (figurativamente).
Plauschinat, Plausinet (curlandês) - respingo, borrifo, água espalhada.
Pleikis, Peleks (letão) - cinza.
Pleksnies, Pleksne (lituano) - solha (peixe - família Soleidae).
Plekste (letão) - solha (peixe - família Soleidae).
Piekst (curlandês) - solha (peixe - família Soleidae).
Plennis, Pliens (curlandês) - terreno plano, planície.
Plewe, Pleve (curlandês) - pele fina ou cicatriz; palidez.
Plikat, Plikeit, Pliks (báltico) - careca.
Ploneitis (lituano) - magreza.
Ploreit, Plurksket (letão) - tagarela.
Plucas, Plukas, Plucz (curlandês) - fígado ou pulmão; entranha.
Pods (lituano) - padrinho.
Podszus (lituano) - pote, cerâmica.
Pokalnischkies (curlandês) - monte, duna.
Poneleit, Ponas, Ponellis (lituano) - proprietário de terra.
Posingies, Pasens (letão) - borda frontal da floresta.
Pöszeit, Pöszeiten (Memel) - pelos grossos.
Pezti (lituano) - pelos grossos.
Potschka, Puods, Potzas, Powileit (báltico, eslavo) - fabricante de potes, ceramista.
Powils (báltico) - patronímico de Paul (Paulo).
Praats, Prats (curlandês, letão) - intelecto, vontade.
Preigschas, Preikschat, Preik, Preukschat (báltico) - homem casado com uma viúva.
Prischmons (alemão oriental) - jovem.
Pritzkat, Pritzkus (alemão oriental) - patronímico de Fritz (nome próprio alemão).
Prussas, Prusseit (lituano) - prussiano, procedente da Prússia.
Puckis, Puke (curlandês) - amarelo-avermelhado, ruivo.
Pukat, Puka (letão) - flor.
Purwin, Purwins, Purvs (báltico) - pântano.
Pusbatzkis (lituano) - pessoa atarracada.
Putnins (letão) - pássaro pequeno.
Puttrus, Putrs (curlandês) - sopa grossa, mingau.
Putra (letão) - sopa grossa, mingau.
Radscheit, Radszuweit (lituano) - régua, medida.
Radszuweit, Radzuhn, Roatsunweitis (prussiano, lituano) - filho belo, filho bonito.
Roata (prussiano) - belo, bonito.
Radzuweit (báltico) - fabricante de rodas.
Rakematis (lituano) - fabricante de rodas.
Rankuttis (lituano) - mãos.
Raudies (lituano) - marrom avermelhado.
Raukuttis, Raukti (lituano) - carranca.
Rebeschies, Reb (curlandês) - cordas, fabricante de cordas.
Redweik, Redset (curlandês, letão) - fácil, suave.
Reidies, Reithe (prussiano) - bem-vindo.
Reidy, Reider (curlandês) - boia de pesca.
Reinis (letão) - patronímico de Reinhold (Reinaldo).
Reisgies, Reisa (letão) - camada, nível do solo.
Rhesa, Resas, Riezis, Rieza (letão) - trabalho obrigatório na terra de outrem (condição servil).
Ribbat, Riba (lituano) - limite de um campo.
Rimkeit, Rimkus, Rimt (báltico) - silencioso.
Rimege, Rimke, Rimkus (prussiano) - silencioso.
Ringies, Ring (báltico) - condado.
Roeschies, Resa (letão) - gigante.
Rogaischus, Rugajs (letão) - palha.
Rogat, Roka (letão) - mão.
Rokas (alemão oriental) - saia.
Romeike, Rammyke (báltico) - "romano", em particular, alguém procedente de um país latino europeu, mormente Itália ou França.
Rosteck, Rusteyko, Rustaika (prussiano) - irritado, irritadiço, irascível.
Roszies, Roze (letão) - rosa.
Rubeschus, Rubezis  (curlandês) - limite.
Rudat, Rudies, Rudas (lituano) - marrom avermelhado.
Rudat, Rudies, Rudow (prussiano) - marrom avermelhado, bronze.
Rudies (lituano) - choroso. chorão.
Rugies, Rugulies (lituano) - linha reta, caminho reto.
Rupkalwies (letão) - ferreiro de peças pesadas, forjador, metalúrgico.
Ruslies, Ruslis (letão) - marrom.
Russius, Russtrom (báltico) - referente ao rio Russtrom, afluente do rio Neman, na Lituânia.
Sacknus, Saknus (báltico) - ramo, garfo.
Saballus, Sabelus (alemão oriental) - marta zibelina (Martes zibellina).
Saknus (lituano) - lata, latão (liga metálica).
Sakuth, Sakuten, Sakai (Memel, lituano) - resina vegetal.
Sakuoat (curlandês) - orador, tagarela, pessoa de boa oratória.
Sakutis, Saka (prussiano) - ramo.
Salawitz (curlandês, letão, báltico) - salina, comércio que vende sal.
Sauga, Apsauga (lituano) - proteção, protetor, tutela.
Sauskojus (lituano) - pés secos.
Sausas (lituano) - seco.
Schadereit, Schade, Skadrs (letão) - alegre, desperto, entusiasmado, vivaz.
Schagarus (curlandês) - riacho, córrego.
Schaknies, Sak (letão) - ramificação, atalho, vertente.
Saknis (lituano) -raiz.
Schalnat, Salin (lituano) - de lado, lateralmente, adjacência.
Schattat, Satatas (prussiano) - sela, seleiro.
Scheklies, Ceklis (curlandês) - um condado na região de Memel.
Schemat (curlandês) - localidade, lugar, lugarejo, terra, gleba.
Schepkauski, Schepkausch (alemão oriental, curlandês) - tufos.
Scheputtis, Seps (curlandês) - navio.
Schereik, Scherti (lituano) - semente.
Serikas (lituano) - forrageira, local de alimentação do gado.
Schernus, Sernas (lituano) - javali.
Scheschka, Sesks (báltico) - furão-bravo (Mustela putorius).
Schicksus, Schicke, Schicken (alemão oriental) - expedicionário, organizador, fornecedor.
Schilgalies, Silis, Schillalies, Schillat (lituano) - charneca.
Silajs (letão) - charneca.
Schimkat, Schimkus, Szimkem (Memel, báltico) - artesão.
Schipull, Zipuols (báltico) - cebola.
Schlasus, Schiasche (antigo prussiano) - patronímico do nome arcaico Sohlasz.
Schlobies, Schlopsna, Schlopsnies, Slop (curlandês) - amolador, afiador, polidor.
Schlussnat, Schluszas, Schlusznus, Slusnikan (antigo prussiano) - servo.
Schmeltenings, Schmelkus, Schmelte, Schmelter (alemão oriental) - fundição de ferro, ferreiro que trabalha com fundição.
Schmittat, Schmitt (lituano, alemão oriental) - ferreiro.
Schnaugs, Schnaugsten, Znaugs (letão) - mordaça.
Schneidereit, Schneiderat, Schories, Schoor (alemão oriental) - alfaiate.
Schudnagis, Schudnagies (lituano) - garra suja, mão suja.
Sudnagas, Sudnagis, Schunage (prussiano) - sílex.
Schukies, Suksil (curlandês) - peixe, peixes.
Schurat (lituano) - bravo, herói. 
Schuschel, Schuiszel (curlandês) - enguia.
Schwarzort (Memel) - lugar escuro, lugar sombrio.
Schweistries, Svejs (curlandês) - pescador.
Schwellnus, Svelnus (lituano) - leve.
Schwill, Schwillus (prussiano) - enxague, ofício em que se usa o ato de enxaguar.
Sedat, Sedet, Sedate (báltico) - assentado, assentamento, colono.
Sedelies, Dziedelis, Sedeti (letão) - morador, residente.
Sellenat, Seinis, Siesl (curlandês) - ferro.
Semturris (curlandês) - proprietário de terra.
Septinus, Septinis (báltico) - patronímico de Séptimo (nome romano).
Siemoneit, Simoneit (lituano, eslavo) - patronímico de Simon (Simão).
Siebold, Sigibald (alemão oriental) - patronímico de Siebold ou Sigibald (nomes próprios alemães).
Sigdat (curlandês) - golpeador, guerreiro intrépido, guerreiro habilidoso.
Simmat, Simeitis, Simnieks (curlandês) - agricultor.
Skambraks, Skambt (curlandês) - sino, sinos, fabricante de sinos.
Skerat, Skeries, Skirat, Seres (curlandês) - literalmente viuvez, mas se aplica a um descendente de um viúvo ou viúva.
Skerswetat, Skers (lituano) - transversal, lugar transversal.
Skibba, Skibs (curlandês, letão) - errado, incorreto.
Skistim, Skystimas (lituano) - líquido, referente a um profissional que trabalha com líquidos.
Sköries (lituano) - gafanhoto.
Skrandies (lituano) - barrigudo.
Skrebbas, Krebsdeti (lituano) - enxame.
Skroblies (lituano) - cabra, bode.
Skwirba, Skwirblies (lituano) - pessoa intrusiva.
Smiltenings, Smiltys, Smilts (lituano, letão) - areia.
Spitzkeit (alemão oriental) - que vive numa parte alta, parte superior de um relevo.
Sprogies, Spruogis (letão) - cabelo crespo, cabelo encaracolado.
Srugies, Surugis (letão) - leite azedo, coalhada.
Staigies, Staigns (letão) - lama, lugar barrento.
Stalszus (letão) - radiante, reluzente.
Stankuhn, Stankus, Stankeiten (prussiano, báltico, Memel) - patronímico de Stanislaw (Estanislau).
Stapputt, Stars, Starischken, Steppat, Stepputat, Stepputtis, Steppuhn, Stepis (Memel, letão, báltico) - patronímico de Stephan (Estéfano).
Stenguleit, Stengtis (curlandês) - defensor.
Stapone, Steiputtis, Steipatas (prussiano) - alto e comprido.
Stories, Stör (letão, curlandês) - esturjão.
Storost (polonês) - um título de administração pública.
Stragies, Stragna (Memel, letão) - parte inferior, parte baixa de um relevo.
Strangalies, Strangaulies (letão) - barrento, pantanoso.
Strasdas (báltico) - estrela.
Straukas (lituano) - arbusto.
Sturies, Sturys (lituano) - esturjão.
Subat (lituano) - magnífico, grandioso.
Sudars, Suodziai (lituano) - fuligem.
Suddars (báltico) - pio, piedoso.
Sunnus, Sunitas, Suni (lituano) - filho.
Surau, Zurs (letão) - salgado, amargo.
Swars, Swart (baixo alemão oriental) - preto.
Szabries, Saber, Sabris (letão) - vizinho, amigo.
Szabbern (prussiano) - falante, conversador.
Szagarus, Zagara, Zagars (letão) - arbustos.
Szameit, Szameitat, Szameitzent, Zemait, Szameitke (lituano) - samogita ou samogício, procedente da Samogícia (região histórica da Lituânia).
Szardenings (curlandês) - referente a um distrito histórico na região de Königsberg.
Szeimies (lituano) - família.
Scheima (prussiano) - família.
Szenguleit (curlandês, lituano) - abaixo, parte inferior.
Szentiks (lituano) - filho.
Szenotas (prussiano) - casado.
Szilius, Szillies, Szillis, Szillat, Silis (lituano) - charneca.
Szobries, Szabries (lituano) - capataz, supervisor, chefe.
Sziopsoti (prussiano) - capataz, supervisor, chefe.
Szogs (báltico) - abertura de um promontório.
Szuiszel (báltico) - pequena enguia.
Szulkies (letão) - cadela.
Talischus, Taolischus, Tolischies (antigo lituano) - cangalheiro, profissional que trabalha com canga (tração animal).
Taleikis, Taleiken, Tal (curlandês) - distante, longíquo (se diz de um habitante de um região).
Taleck (alemão oriental) - morador de um canto, de um zona limítrofe, de um local de difícil acesso.
Taudien, Tovthyne, Tautins, Taudin (letão) - estrangeiro.
Tautrims, Tauta (báltico) - pessoa, gente.
Tennigkeit, Tenne, Tenkitten (báltico, alemão oriental) - atrás, parte de trás, parte traseira.
Teweleit, Tievs, Tiews (báltico) - pai.
Thiesies, Thies, Tiedeks, Tiedke, Tiedeke (alemão oriental) - água, corrente de água.
Toleikies, Toleikis (letão, curlandês) - distante, longíquo (se diz de um habitante de um região).
Tomaschke, Tomeit, Tomuscheit, Tomuschat (alemão oriental, báltico) - patronímico de Thomas (Tomás).
Trakies, Traks (letão) - louco.
Trumpa, Trumpas (prussiano, lituano) - pequeno.
Truschka, Truschies, Truschellen, Trus (Memel, curlandês) - cana, vara, palheta.
Tuleweit, Tule, Tula, Tulewayde, Toulewaitis (antigo prussiano, letão) - caçador.
Tumak, Tums (curlandês, letão) - escuro.
Ukenings, Ukininkas (lituano) - proprietários.
Urbschat, Urbschies, Urbt (curlandês, letão) - broca ou caverna, gruta.
Uschkereit (báltico) - região posterior, parte de trás.
Uschpelkat (báltico) - parte posterior da charneca.
Waitekus, Vaitoti (lituano) - reclamante, resmungão.
Waitschies (lituano) - ansioso, preocupado.
Wallat, Walattis, Walatis, Wallatkat, Valat (letão) - dominador, conquistador.
Wallenzus, Wallendszus (báltico, prussiano) - patronímico de Valentin (Valentim).
Walloks, Walluks (báltico) - valáquio, procedente da Valáquia (região do leste europeu).
Wallus, Valdyte (báltico) - que prevalece, prevalecente.
Wannagat, Vanags (báltico) - falcão.
Wannagat, Wainaxs, Waihagatas (prussiano) - buquê, ramalhete, ornamento florido, grinalda, guirlanda.
Wannags, Wannagat, Wannaggen, Warkall, Varkalis (curlandês, letão, Memel) - latoeiro.
Waltereit (lituano) - patronímico de Walther (Valter).
Warnat, Varna (livônio, báltico) - corvo.
Waschkies, Wauschkies, Vasks (báltico) - cera.
Wehleit (curlandês) - distante, longíquo.
Wehleit, Wele, Weleitis (prussiano) - falecido.
Weidekat, Waitekus (lituano, báltico) - caminho, passagem.
Weitschies, Wetschis (prussiano) - caça.
Wenskus, Wensken, Viens (báltico) - se diz de uma pessoa que habita num local isolado, pessoa que tem preferência em habitar isoladamente.
Wesols, Viesals (letão) - turbilhão.
Wiesuls, Viesuls (lituano) - turbilhão.
Wessat, Viesis (letão) - estranho, forasteiro, estrangeiro.
Weweries, Wilbudies (alemão oriental, curlandês) - referente a um local com muitas habitações (cabanas, casas, etc.).
Wilkenings, Vilks (báltico) - caçador de lobos.
Wilks, Wilkieten, Vilkas (Memel, curlandês, báltico) - lobo.
Willoweit, Vilioti (lituano) - enganador.
Willuhn, Willune, Willum, Willumeit, Wilums (prussiano, letão) - patronímico de Wilhelm (Guilherme).
Winks, Wink, Wenk, Wenke, Wirszenings (alemão oriental, letão) - superior, acima.
Witkat, Wittke, Witt (alemão oriental) - branco.
Zebedies (lituano) - patronímico de Zebedäus (Zebedeu).
Zielke, Sylige, Sileke (prussiano) - charneca.
Zirpins (letão, curlandês) - alfaiate.































































 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...